O mito do talente

Talento é outro assunto “mítico” que leva muita gente a deixar de buscar informação,

pois acredita que se não nasceu com talento, jamais poderá ser bom em determinada

área.

Quando pensamos em talento, vemos em nossa mente pessoas como Mozart, que

compunha sinfonias aos cinco anos e tocava piano e violino desde a tenra idade.

O que não nos damos conta é que existe uma grande diferença entre genialidade e simples talento.

Pouquíssimos são gênios, e quando aparece um não demora muito para a notícia chegar aos nossos ouvidos.

Talentos, no entanto, existem aos montes e podem ser desenvolvidos com treino e informação. Sim, existem talentos natos, porém mais comuns são os talentos desenvolvidos. Um famoso professor de balé sempre dizia que leva dez anos para que um dançarino seja um “talento nato”.

Na maioria das áreas, ninguém demonstra talento algum sem treino. Quando se olha de fora, a

percepção é de que aquela pessoa “já nasceu sabendo”, mas a realidade é que ela treinou e estudou sua atividade exaustivamente.

Ouço com frequência muitas pessoas reclamarem com tom de frustração que não têm talento algum, que não conseguem descobrir no que são boas.

O que essas pessoas estão esperando é genialidade, estão esperando descobrir algo que seja nato em si mesmas e quando se percebem como “apenas normais”, ficam frustradas achando que não têm talento algum.

Fonte: http://www.excellencestudio.com.br/autoconhecimento/o-mito-do-talento.htm/

Voltar…

@ leia mais: Gilton e Lúcio registram candidaturas da oposição na UERN

Xequemate.12

Anúncios

Comentar

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s