Como montar uma equipe eficiente

Resultado de imagem para fotos equipe motivada

Um dos grandes desafios do presente século é trabalhar e gerenciar pessoas, fazendo com que as mesmas produzam e minimizem conflitos com a direção e com seus colegas de trabalho. O papel de um líder acaba passando pela montagem, desenvolvimento e por fim a manutenção da equipe.

Surge então um grande desafio: Como montar, então, uma equipe de alta performance? Que parâmetros devem ser levados em consideração e como desenvolvê-la de modo que sua permanência seja garantida por anos duradouros? Esse passa a se configurar como o grande desafio do líder.

O mundo dos esportes é um grande exemplo para ilustrar a dificuldade de se montar uma equipe: Em muitos anos equipes investem em atletas de grande fama e com capacidade elevada, contudo, na prática o que se percebe é uma equipe sem nenhum tipo de padrão de jogo e que acaba perdendo todos os grandes torneios que disputa; Porque isso ocorre? O que estaria influenciando o sucesso de equipe? Existem exemplos de equipes que são formadas apenas com atletas desacreditados e que no final do ano conseguem obter êxito naquilo que fazem.

Ao buscar um referencial teórico ou estudos práticos e técnicos realizados nesta área, me deparei com um vazio imenso. Simplesmente não são alvos de pesquisa este tipo de ocorrência. Isso motivou a confecção deste artigo como forma de demonstrar uma vivência prática do autor.

O primeiro grande passo para montar uma boa equipe consiste em quebrar o paradigma de que ter a melhor equipe significa ter os melhores em cada cargo ou posição. Basta lembrar o ocorrido com a seleção brasileira de 1994 e verificar que o elenco não era tão badalado assim, contudo, aquela equipe tinha algumas características que foram vitais para as conquistas alcançadas.

O segundo passo consiste em levantar e buscar alguns elementos que são essenciais para criar uma equipe eficiente:

Lealdade

Mais importante do que certificados, capacidade técnica, networking ou fama; A lealdade deve ser o pilar principal para se escolher e/ou manter um funcionário na sua equipe. Lembre-se que funcionários leais têm uma capacidade consideravelmente maior de multiplicar sua visão e disseminar aos demais os ideais do líder e da empresa em que atua.

A lealdade de um membro da equipe não é algo que se conquista por meio de salários ou benefícios, mas sim através de atitudes e ações que demonstrem aos membros da equipe o grau de comprometimento do líder, bem como sua inclinação a gestão de pessoas.

Senso de Cobertura

Entender o ponto fraco de um membro da equipe ou até mesmo do líder e tentar a todo o momento tirá-lo de evidência é uma tarefa que poucos têm capacidade e vontade de realizar. Se você tem um membro na sua equipe que possui esta qualidade, mantenha-o por longos anos ao seu lado.

O comum é que o ser humano sempre exponha o lado frágil ou debilitado do seu próximo, ainda mais quando o assunto é mercado de trabalho, onde a competitividade é acentuada. Por isso, a segunda característica mais importante ao montar sua equipe é entende quais as pessoas que possuem senso de cobertura e não expõe os erros e fragilidades da equipe.

Comprometimento

O terceiro item para escolha dos profissionais com quem deve trabalhar é totalmente relevante quando se fala em montar equipe direcionada para bater metas e cumprir objetivos propostos. A doação de cada membro da equipe, a disponibilidade e a capacidade de entrega ao trabalho são itens que evidenciam o nível de comprometimento de uma pessoa.

Este item cria um grande “divisão” dentro de uma empresa. É notório perceber em uma equipe as pessoas que tem comprometimento com a empresa e com seu líder e separá-las das demais. Portanto, se seu funcionário não está comprometido com sua visão, com seus sonhos, não adianta investir nele e em sua carreira, pois estará jogando tempo e dinheiro fora.

Em linhas gerais, estes itens citados, compreendem o entendimento pleno dos itens necessários e relevantes para formar uma boa equipe. É obvio que a capacidade técnica, capacidade de organização e planejamento são também importantes para um profissional, contudo, todos estes itens podem ser passados e repassados via treinamento. No entanto, lealdade, senso de cobertura e comprometimento não são tão passíveis de aprendizado de curto prazo como os demais itens.

Com isso, o presente artigo visa demonstrar ao leitor que estes itens são pré-requisitos para formar uma equipe eficiente e todos os demais itens devem vir como maneira de acrescentar qualidade e diferenciais aos elementos básicos. Lembre-se que ter os melhores em cada posição, não quer dizer que você possui o melhor time.

por Anderson Tonnera

Fonte: Consultoria e Gerstão

Anúncios

Comentar

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s